jump to navigation

Desempregados recusam 100 mil ofertas do IEFP Novembro 8, 2006

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
trackback

Há cerca de 100 mil ofertas de emprego ou acções de formação profissional que são recusadas por ano pelos desempregados inscritos nos centros de emprego. Em declarações ao DN, o presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) revelou que estas recusas se inserem num universo global de cerca de 900 mil convocatórias realizadas pelo IEFP todos os anos.

Francisco Madelino lembra, todavia, que nem todos os convocados são beneficiários do subsídio de desemprego, pelo que a obrigatoriedade de aceitação das iniciativas propostas pelo IEFP não se aplica a todos. Uns porque já esgotaram o período de duração daquela prestação, outros porque estão inscritos apenas para terem acesso a outros benefícios sociais.

Neste momento existem cerca de 290 mil desempregados a receberem subsídio, de acordo com as estatísticas referentes ao mês de Setembro. Mas o universo global de desempregados inscritos (que é diferente dos dados apurados pelo Instituto Nacional de Estatística) era de quase 450 mil, o que significa que quase dois terços dos desempregados tem apoio financeiro.

DN Online

Advertisements

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: