jump to navigation

Cannes: Um júri e quatro filmes portugueses nos 60 anos Maio 16, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
trackback

s_cannes2007.jpg

O Festival de Cinema de Cannes, que está a festejar 60 anos, «abre as portas» hoje em França com a presença de dois projectos de João Pedro Rodrigues, um filme de Pedro Costa e uma curta-metragem de Manoel de Oliveira.

O festival arranca esta noite com a estreia mundial de «My blueberry nights», do realizador chinês Wong Kar-Wai, e prolonga-se até ao dia 27 com a que é considerada a sua mais ambiciosa programação de sempre.

Portugal não tem qualquer filme em competição, mas o realizador português João Pedro Rodrigues estará em destaque no Atelier Cinéfondation com o projecto do filme «Morrer como um homem», ainda em fase de escrita do argumento e com rodagem prevista para 2008.

No âmbito da Quinzena de Realizadores, uma iniciativa paralela ao festival, será ainda exibida a curta-metragem «China, China», que João Pedro Rodrigues realizou com João Rui Guerra da Mata.

Um dos momentos altos de Cannes promete ser a estreia, no domingo, do filme «A cada um o seu cinema», que reúne curtas-metragens de três minutos de 35 realizadores.

A organização convidou vários cineastas, entre os quais Manoel de Oliveira, a participar numa obra colectiva que pretende assinalar os 60 anos do festival.

Pedro Costa, que em 2006 foi seleccionado para a competição oficial com «Juventude em Marcha», estará este ano presente com a curta-metragem «Tarrafal».

O filme insere-se num projecto colectivo intitulado «O Estado do Mundo», composto por seis curtas-metragens de 15 minutos encomendadas pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Este ano, em competição pela Palma d’Ouro, vão estar 21 filmes, entre produções dos Estados Unidos, da Europa e da Ásia.

Destaque para a exibição em Cannes dos filmes «Sicko», de Michael Moore, a estreia de «Ocean’s Thirteen», de Steven Soderbergh, «Death Proof», de Tarantino, ou «Persépolis», de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud.

O júri é presidido pelo realizador britânico Stephen Frears e integra, entre outros, o Nobel da Literatura turco Orhan Pamuk e a actriz portuguesa Maria de Medeiros.

Diário Digital

Link: Festival de Cannes

Advertisements

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: