jump to navigation

Boom Festival 2008 exibe 27 filmes independentes Julho 17, 2008

Posted by Vasco in Cinema, Música.
Tags: , , ,
1 comment so far

O «Paradigms Film Festival» decorrerá dentro do Boom Festival 2008, exibindo 27 filmes independentes entre 11 e 18 de Agosto, em Idanha-a-Nova.

É um festival dentro de um festival. O Festival de cinema explorará temas como a globalização, a evolução cultural, a consciência ambiental, a espiritualidade, o activismo e o futuro (in)sustentável.

O cartaz do «Paradigms Film Festival» incluirá longas-metragens, documentários, curtas-metragens, web flicks e apresentações de «vídeoarte».

O «Boom Festival» tem vindo a primar pela alternativa ao mainstream na sua oferta cultural. A presença do cinema no Boom partiu do objectivo de oferecer visibilidade à produção cinematográfica que se assume distinta do entretenimento de massas.

Os visitantes terão ocasião de visionar, entre outros, «Zeitgeist» (Peter Joseph), «We feed the world» (Erwin Wagenhofer e Helmut Grasser), «The buckminster fuller challenge 2008» (João Amorim), «Baraka» (Ron Fricke/Madgison Films) ou «1 giant leap: what about me» (Duncan Bridgeman e Jamie Catto).

Diário Digital

Link: Boom Festival

Anúncios

EUA: «O Padrinho» e «O Feiticeiro de Oz» eleitos os melhores Junho 20, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , ,
add a comment


«O Padrinho», «O Feiticeiro de Oz«, «2001, Odisseia no Espaço» e «Luzes na Cidade« foram eleitos pelo Instituto do Cinema dos Estados Unidos (AFI) entre os melhores da história do cinema norte-americano.

O instituto divulgou esta semana aqueles que considera serem os melhores filmes da produção norte-ameicana do século XX, repartindo-os por diferentes géneros, da comédia romântica à ficção científica, do épico ao western.

Na animação, a lista é encabeçada pelo clássico «Branca de Neve e os sete anões», de 1938, realizado por David Hand e Perce Pearce, à frente de outros filmes emblemáticos como «Pinóquio», «Bambi» e «À procura de Nemo».

As listas têm sempre um valor relativo, mas confirmam as escolhas de diferentes gerações de críticos de cinema.

O realizador Alfred Hitchcock, mestre do suspense e mistério, é o mais citado nesta categoria com os filmes «A mulher que viveu duas vezes», que aparece em primeiro lugar, «A janela indiscreta», «Intriga internacional» e «Chamada para a morte».

«O Feiticeiro de Oz», de Victor Fleming, lidera na fantasia, «2001, odisseia no espaço», de Stanley Kubrick, venceu em ficção científica e «Luzes na cidade», de Charles Caplin, na comédia romântica.

«A desaparecida», de John Ford (western), «Touro enraivecido», de Martin Scorsese (desporto), «O Padrinho», de Francis Ford Coppola (gangster), «Lawrence da Arábia», de David Lean (épico), e «Na sombra e no silêncio», de Robert Mulligan (drama), completam os vencedores nas dez diferentes categorias.

A par dos clássicos mais antigos, as diferentes listas incluem também produções mais recentes, como «Pulp Fiction», «O Senhor dos Anéis», «Titanic» e «O resgate do soldado Ryan».

Diário Digital

Cannes: Francês «Entre Les Murs» vence Palma de Ouro Maio 26, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , ,
add a comment


O filme francês «Entre Les Murs», de Laurent Cantet, venceu este domingo a Palma de Ouro para Melhor Filme, no encerramento da 61ª edição do Festival de Cinema de Cannes.

A longa-metragem destacou-se entre as 20 obras a concurso, entre elas esteve «Blindness», baseado no livro de José Saramago, assim como «The Exchange», do realizador Clint Eastwood, e «Two Lovers», de James Gray.

A brasileira Sandra Corveloni ganhou o galardão Melhor Actriz, pelo seu papel em «Linha de Passe», de Walter Salles e Daniela Thomas. E o italiano Benicio del Toro destacou como Melhor Actor ao interpretar «Che» no filme sobre a revolucionário argentino.

«Il Divo» foi distinguido com o Grande Prémio Especial do Júri, presidido pelo actor Sean Penn, conhecido pelo seu posicionamento político, contrário à guerra e ao governo de George W. Bush.

Diário Digital

Site Oficial

Cannes: Manoel de Oliveira sensibilizado com Palma de Ouro Maio 20, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , , ,
add a comment

O realizador português Manoel de Oliveira manifestou-se hoje «muito sensibilizado por finalmente ter recebido a Palma de Ouro» no Festival Internacional de Cinema de Cannes, onde foi homenageado.

A organização do festival prestou hoje um tributo ao realizador português atribuíndo-lhe a Palma de Ouro pela carreira, associando-se também aos cem anos que Manoel de Oliveira celebrará em Dezembro.

«Ao longo de um século eu cresci com o cinema e hoje eu sei que foi o cinema que me fez crescer. Viva o cinema!», exclamou Manoel de Oliveira no Grand Théâtre Lumière, onde foi longamente aplaudido.

Manoel de Oliveira recebeu o prémio das mãos do actor francês Michel Piccoli, numa cerimónia onde marcaram presença o júri de Cannes, o realizador norte-americano Clint Eastwood e o presidente da Cinemateca Portuguesa, João Bénard da Costa.

«Esta foi a melhor forma de receber este prémio», disse Manoel de Oliveira emocionado, sublinhando que não gostaria de ser distinguido em competição com os seus colegas realizadores.

Na assistência estiveram ainda Christine Albanel, ministra da Cultura de França, e José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia.

http://www.festival-cannes.fr/en/article/56105.html

“Este País não é para Velhos”, dos irmãos Coen, vence Óscar de melhor filme Fevereiro 25, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: ,
add a comment

win_directingl.jpg

O filme “Este País não é para Velhos”, de Ethan e Joel Coen, conquistou o Óscar de melhor filme na 80.ª cerimónia de entrega das estatuetas que teve lugar ontem à noite (madrugada em Portugal), no Kodak Theatre de Hollywood. Os irmãos Coen venceram igualmente o Óscar de melhor realização pela mesma película.

“Este País não é para Velhos”, a adaptação de um romance de Cormac McCarthy que conta a história de um negócio de droga que dá para o torto, no sul do Texas, venceu ainda a estatueta dourada para melhor guião adaptado e o espanhol Javier Bardem levou ainda para casa, pelo mesmo filme – no qual desempenha o papel de um psicopata de poucas falas – o Óscar de melhor actor secundário.

“Este País não é para Velhos” arrebata assim quatro estatuetas e é exibido hoje, em ante-estreia, no Fantasporto.

Ao aceitar o prémio, Joel Coen falou de como ele e o irmão, Ethan, fazem filmes desde crianças. “Honestamente, aquilo que fazemos agora não me parece muito diferente do que fazíamos nessa altura”, gracejou Joel.

O prémio de melhor actor foi arrebatado pelo britânico Daniel Day-Lewis (“Haverá Sangue”) e o de melhor actriz por Marion Cotillard (“La Vie en Rose”), a primeira francesa a ganhar um Óscar desde que Simone Signoret levou uma estatueta para casa, em 1960.

O Óscar de melhor actriz secundária foi entregue à também britânica Tilda Swinton (“Michael Clayton – Uma questão de consciência”).

Desde 1964 que os quatro principais prémios de interpretação não iam para as mãos de actores e actrizes não-americanos.

O filme austríaco sobre o drama do Holocausto “Die Fälscher” (“Os Falsificadores”) venceu o Óscar de melhor filme em língua estrangeira. Dirigido por Stefan Ruzowitzky, o filme deu à Áustria o primeiro Óscar da sua história nesta categoria.

Como era de esperar, “Ratatui”, da Disney, venceu o Óscar de melhor filme de animação.

“Expiação”, um dos grandes favoritos da noite, acabou por ser o maior derrotado da cerimónia, levando apenas o Óscar de melhor banda sonora original, da autoria de Dario Marianelli. A melhor canção original escolhida pela Academia foi Falling Slowly, do filme “Once”.

Público

Oscar.com

Maria de Medeiros nomeada «Artista da UNESCO para a Paz» Fevereiro 20, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: ,
add a comment

maria_medeiros.jpg

A actriz Maria de Medeiros foi nomeada «Artista UNESCO para a Paz» e é a primeira portuguesa a alcançar tal distinção, anunciou hoje o governo português.

A nomeação pretende tirar partido da «visibilidade, carisma, qualidade artística, polivalência, sensibilidade e empenho nas grandes causas do mundo contemporâneo demonstrados por Maria de Medeiros» para difundir os valores e as iniciativa da UNESCO junto do público português e internacional, diz um comunicado do ministério português dos negócios estrangeiros.

«É sem dúvida uma grande honra para mim. Foi uma surpresa quando me contactaram, mas sinto um grande orgulho e também uma grande responsabilidade», declarou Maria de Medeiros à agência Lusa.

«Estou seguro de que Maria de Medeiros valorizará e dignificará os altos valores da UNESCO em domínios tão diversos como a promoção da criatividade, das artes vivas, das indústria culturais e da educação artística», afirmou o director-geral da UNESCO, Koichiro Matsuura, que presidirá à cerimónia de nomeação, a 17 de Março em Paris.

Diário Digital

«Tropa de Elite» vence Festival de Berlim Fevereiro 18, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , ,
2 comments

tropa_de_elite02.jpg

«Tropa de Elite», o polémico filme de José Padilha sobre a violência policial no Rio de Janeiro, arrecadou hoje o Urso de Ouro, o mais alto galardão do Festival de Cinema de Berlim.

Apesar de não se tratar de um documentário, «Tropa de Elite» retrata as histórias verídicas de 12 antigos oficiais daquela unidade paramilitar cuja insígnia – uma caveira atravessada por um punhal – e indumentária negra causa terror aos habitantes das favelas cariocas.

No ano passado vários oficiais do Batalhão de Polícia de Operações Especiais do Rio tentaram fazer com que o filme de José Padilha, sobre a actuação daquela unidade, fosse impedido de passar nos cinemas. Organizações dos Direitos Humanos afirmam que os membros da unidade, especialmente destinada ao combate aos gangs armados que dominam o tráfico de droga, costumam disparar indiscriminadamente. «O filme ganhou grande notoriedade no Brasil e este prémio dá-nos força para seguir em frente», declarou o produtor Marcos Prado enquanto recebia, ao lado de José Padilha, a estatueta dourada do Urso de Ouro, do Melhor Filme.

O grande prémio do júri do festival, um urso de prata, foi para «Standart Operating Procedure», do já oscarizado realizador norte-americano Errol Morris. «Standard Operating Procedure» é um documentário sobre o escândalo de Abu Ghraib, no qual soldados norte-americanos torturaram prisioneiros nas instalações da prisão iraquiana. Morris passou quase dois anos a fazer entrevistas a soldados envolvidos no escândalo, que foi revelado com a publicação de fotos tiradas por alguns militares, e combinou esses excertos com cenas reconstituídas.

Paul Thomas Anderson foi escolhido como Melhor Realizador pelo filme «Haverá Sangue», protagonizado por Daniel Day-Lewis. O actor interpreta um obcecado prospector de petróleo da viragem do século passado. O filme tem sido apontado por muitos críticos como favorito a ganhar os óscares mais apetecidos, melhor filme, melhor realizador e melhor actor. Anderson, que ganhou o Urso de Ouro em 2000 com o filme «Magnólia», considerou Day-Lewis um «magnífico actor que torna qualquer realizador um bom realizador».



Diário Digital

Festival de Sundance premeia cinema com temas políticos Janeiro 29, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , , ,
add a comment

2701_sundance_wideweb__470x3560.jpg

O filme de suspense dedicado à luta de duas mulheres que fazem entrar imigrantes ilegais nos Estados Unidos, “Frozen River“, ganhou o Grande Prémio do Júri do Festival de Sundance na noite de sábado. O mesmo prémio, mas para documentários, foi entregue a “Trouble the Water“, que conta a história da sobrevivência após o furacão Katrina.

Os prémios principais do festival organizado por Robert Redford e Geoff Gilmore guinaram à esquerda e versam sobre temas políticos queridos à comunidade artística norte-americana, indo da causa ambiental à imigração ilegal. Sobre “Frozen River”, realizado por Courtney Hunt, Quentin Tarantino, um dos membros do júri na categoria dramática, disse que é “um dos “thrillers” mais excitantes” que vai ver este ano. O filme foi comprado no festival pela Sony Pictures Classics.

Já “Trouble the Water”, de Tia Lessin e Carl Deal, é “um filme sobre sobrevivência e esperança”, segundo Lessin, que começa com imagens captadas por uma habitante de Nova Orleães, Kim Roberts, durante a passagem do Katrina e que espelha a falta de apoio do governo de George W. Bush aos sobreviventes do furacão.

Os prémios do público foram atribuídos a, na categoria dramática, “The Wackness”, de Jonathan Levine, uma comédia dramática invulgar sobre um adolescente que trafica droga e que acaba por se apaixonar pela filha do seu psiquiatra (Ben Kingsley), e, na categoria documental, a “Fields of Fuel”, em que Josh Tickell narra a demanda de um homem que quer libertar os Estados Unidos da sua dependência petrolífera e contribuir para salvar o planeta.

Público

«Haverá Sangue» com oito nomeações na disputa dos Óscares Janeiro 22, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: ,
add a comment

therewillbeblood.jpg
Os filmes «Este país não é para velhos» e «Haverá Sangue» são os principais rivais, com oito nomeações cada, na disputa dos Óscares, anunciou hoje a Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas.

Entre as nomeações que os dois filmes recolheram contam-se melhor realização, melhor filme e melhor interpretação.

Para melhor director estão nomeados Paul Thomas Anderson («Haverá Sangue»), Ethan e Joel Coen («Este país não é para velhos»), Tony Gilroy («Michael Clayton»), Jason Reitman («Juno») e Julian Schnabel («O escafandro e a borboleta»).

A 80ª edição dos Óscares está marcada para 24 de Fevereiro no Kodak Theatre, em Los Angeles e será conduzida pelo comediante Jon Stewart.

«Expiação» vence Globo de Ouro para Melhor Filme Janeiro 14, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , ,
add a comment

atonement_l200709241654.jpg

O filme britânico «Expiação», de Joe Wright, venceu na noite de domingo o Globo de Ouro para Melhor Filme Dramático. Daniel Day-Lewis recebeu o galardão para Melhor Actor Dramático, pela sua interpretação em «Haverá Sangue», e Julie Christie foi eleita a Melhor Actriz Dramática, por «Longe Dela».

A tradicional cerimónia de gala foi substituída por uma vulgar conferência de imprensa, devido à greve dos argumentistas, nos EUA. As estrelas de Hollywood foram substituídas pelos jornalistas, que anunciaram a lista de vencedores da 65ª edição dos Globos de Ouro.

O cineasta Julian Schnabel venceu o prémio para Melhor Realizador pelo seu trabalho em «O Escafandro e a Borboleta», que foi eleito o Melhor Filme em Língua Estrangeira. «Sweeney Todd», de Tim Burton, foi o grande vencedor no género musical, dando também o prémio de Melhor Actor ao protagonista, Johnny Depp.

Na categoria de Melhor Actriz de Musical ou Comédia, Marion Cotillard foi a distinguida, após ter interpretado Edith Piaf em «La Vie en Rose». Cate Blanchett recebeu o globo de Ouro para Melhor Actriz Secundária, em «I´m Not There», e Javier Bardem para Melhor Actor Secundário, em «Este País Não é Para Velhos».

O filme, escrito pelos irmãos Coen, venceu também o prémio para Melhor Argumento Original. «Ratatui» foi considerado o Melhor Filme de Animação e «Expiação» obteve o Globo de Ouro para Melhor Banda Sonora. «Guaranteed», com letra e música de Eddie Vedder, dos Pearl Jam, venceu na categoria de Melhor Canção.

No sector da televisão, o destaque foi para «Mad Men», na categoria de Melhor Série Dramática, Glenn Close, que venceu o prémio de Melhor Actriz, por «Damages», e Jon Hamm, Melhor Actor em «Mad Men».

Diário Digital

Golden Globes

Nova Bond Girl – Olga Kurylenko Janeiro 8, 2008

Posted by Vasco in Cinema, Mulheres Divinas.
Tags:
1 comment so far

olga-kurylenko-fhm-1.jpg

Blindness Outubro 16, 2007

Posted by Vasco in Blogs, Cinema.
Tags:
add a comment

Este é o título do blog que Fernando Meirelles utiliza para contar algumas coisas das filmagens quedecorrem do seu próximo filme baseado no livro de Saramago, e talvez o meu livro preferido, Ensaio sobre a Cegueira. Vale a pena dar uma espreitadela!

“Se podes olhar vê. Se podes ver, repara.”

http://blogdeblindness.blogspot.com/

YouTube organiza primeiro concurso de curtas-metragens Outubro 3, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
add a comment

A comunidade de vídeo online YouTube organiza o primeiro concurso internacional de curtas-metragens, «Project Direct» com o qual pretendem «descobrir os melhores realizadores de cinema existentes entre os utilizadores», informou hoje a empresa.

A partir de dia 7 de Outubro e até 9 de Novembro, utilizadores de Espanha, Brasil, Canadá, França, Itália, Reino Unido e Estados Unidos podem enviar os seus vídeos originais, com a duração de dois a sete minutos e legendados em inglês.

Os participantes devem ser maiores de idade e residir em algum daqueles países.

O guião deve incluir vários pontos exigidos pelo juri do concurso como a frase «I demand an explanation for these shenanigans. What do you have to say?» («Exijo uma explicação para estas brincadeiras. O que tens a dizer?»).

Também é necessário que um dos protagonistas enfrente uma situação complexa para a sua idade, assim como entregar uma fotografia aos outros personagens do enredo.

Um júri presidido pelo realizador Janson Reitman, de filmes como «Obrigado por fumar» e «Juno», e um grupo de amantes do cinema do YouTube vão escolher os 20 finalistas de entre todos os trabalhos recebidos.

Uma vez escolhidos os 20, todos os utilizadores da comunidade YouTube poderão votar o seu favorito de 23 de Novembro até 02 de Dezembro.

A 05 de Dezembro será anunciado o vencedor, que ganhará um prémio de 5.000 dólares (cerca 3.522 euros) e passará nove dias num dos mais importantes festivais de cinema, não divulgado qual, onde se reunirá com produtores executivos da FOX Searchlight.

Diário Digital

http://www.youtube.com/projectdirect

Em estreia: Teresa, el Cuerpo de Cristo Junho 14, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
add a comment

_poster001.jpg

Realização: Ray Loriga
Intérpretes:Paz Vega, Leonor Watling, Geraldine Chaplin

Sinopse: Teresa de Cepeda y Ahumada (Paz Vega), filha de um Nobre da região de Ávila, não aceita o seu papel como mulher num Mundo governado por homens – sente que tem de haver algo mais na vida, para além de ser Mulher e Mãe. Ela quer escrever, ler e aprender. Na sua demanda por aquele “algo mais” de que sente falta, Teresa resolve entrar para um convento. Mas a sua desilusão não poderia ser maior; rapidamente descobre, no próprio convento onde procurou refúgio do Mundo real, o mesmo materialismo e futilidade que se vivia lá fora. Decide então iniciar uma cruzada baseada em valores como a fé e sacrifício, sendo inicialmente acusada de rebeldia e loucura, ganhando mais tarde o estatuto de líder e proclamada Santa. Esta é a história de uma mulher excepcional que viveu numa época bastante complicada. Uma mulher, de beleza extraordinária, que lutou contra o mundo, com o único objectivo de repor os valores há muito esquecidos por uma sociedade corrupta, adulterada e materialista.

http://www.teresalapelicula.com/

Cannes: Palma de Ouro para «4 meses, 3 semanas e 2 dias» Maio 28, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
add a comment

20070528000327.jpg

«Para mim é um pouco um conto de fadas», comentou Mungiu, de 39 anos, sob os aplausos do público.

«Espero que esta Palma de Ouro seja uma boa notícia para os pequenos cineastas dos pequenos países, pois parece que finalmente já não é necessário ter grandes orçamentos e grandes vedetas para fazer uma história que toda a gente ouvirá«, acrescentou.

Esta Palma de Ouro consagra a segunda longa-metragem de Cristian Mungiu, que tinha sido premiado em 2002 na Quinzena dos realizadores com »Ocidente«.

Estilisticamente aperfeiçoado, este filme, que teve um orçamento modesto de 600.000 euros, relata, de forma crua e potente, a história de um aborto proibido sob o regime comunista de Ceaucescu.

O Grande Prémio do 60º Festival de Cannes, a mais alta distinção depois da Palma de Ouro, foi atribuído a »Mogari No Mori«, da cineasta japonesa Naomi Kawase, de 38 anos.

O júri recompensou ainda o actor russo Konstantin Lavronenko pelo seu desempenho em »The Banishment«, de Andreï Zviaguintsev, e a actriz coreana Jeon Do-yeon, heroína de »Secret Sunshine«, de Lee Chang-dong.

O prémio de encenação foi atribuído ao filme »Le Scaphandre et le papillon«, retrato de um homem paralisado, uma produção francesa realizada pelo americano Julian Schnabel.

«Paranoid Park», do americano Gus Van Sant, arrecadou o prémio especial do 60º aniversário do Festival.

O prémio para melhor argumento foi atribuído a «The Edge of Heaven», do germano-turco Fatih Akin, de 33 anos, que já tinha sido recompensado em 2004 com o Urso de Ouro em Berlim, pelo filme «Head On».

O filme de animação «Persepolis», uma adaptação da banda desenhada da francesa de origem iraniana Marjane Satrapi e narração da revolução islâmica de 1979, obteve o prémio do júri, ex aequo com «Silent Light», do mexicano Carlos Reygadas.

Diário Digital

Cannes: Um júri e quatro filmes portugueses nos 60 anos Maio 16, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
add a comment

s_cannes2007.jpg

O Festival de Cinema de Cannes, que está a festejar 60 anos, «abre as portas» hoje em França com a presença de dois projectos de João Pedro Rodrigues, um filme de Pedro Costa e uma curta-metragem de Manoel de Oliveira.

O festival arranca esta noite com a estreia mundial de «My blueberry nights», do realizador chinês Wong Kar-Wai, e prolonga-se até ao dia 27 com a que é considerada a sua mais ambiciosa programação de sempre.

Portugal não tem qualquer filme em competição, mas o realizador português João Pedro Rodrigues estará em destaque no Atelier Cinéfondation com o projecto do filme «Morrer como um homem», ainda em fase de escrita do argumento e com rodagem prevista para 2008.

No âmbito da Quinzena de Realizadores, uma iniciativa paralela ao festival, será ainda exibida a curta-metragem «China, China», que João Pedro Rodrigues realizou com João Rui Guerra da Mata.

Um dos momentos altos de Cannes promete ser a estreia, no domingo, do filme «A cada um o seu cinema», que reúne curtas-metragens de três minutos de 35 realizadores.

A organização convidou vários cineastas, entre os quais Manoel de Oliveira, a participar numa obra colectiva que pretende assinalar os 60 anos do festival.

Pedro Costa, que em 2006 foi seleccionado para a competição oficial com «Juventude em Marcha», estará este ano presente com a curta-metragem «Tarrafal».

O filme insere-se num projecto colectivo intitulado «O Estado do Mundo», composto por seis curtas-metragens de 15 minutos encomendadas pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Este ano, em competição pela Palma d’Ouro, vão estar 21 filmes, entre produções dos Estados Unidos, da Europa e da Ásia.

Destaque para a exibição em Cannes dos filmes «Sicko», de Michael Moore, a estreia de «Ocean’s Thirteen», de Steven Soderbergh, «Death Proof», de Tarantino, ou «Persépolis», de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud.

O júri é presidido pelo realizador britânico Stephen Frears e integra, entre outros, o Nobel da Literatura turco Orhan Pamuk e a actriz portuguesa Maria de Medeiros.

Diário Digital

Link: Festival de Cannes

Sophia Loren faz strip-tease se Nápoles subir de divisão Maio 15, 2007

Posted by Vasco in Cinema, Curiosidades, Desporto.
add a comment

lors16.jpg

A atriz italiana Sophia Loren, 72 anos, prometeu fazer um strip-tease se o Nápoles regressar à Série A.
«Espero que o Nápoles ganhe as partidas que restam. Se isso acontecer, prometo fazer um strip-tease. Os adeptos são apaixonados pela equipa e a cidade merece essa promoção», afirmou a actriz ao jornal Gazzeta dello Sport.

O Nápoles ocupa o terceiro lugar na Série B. Os dois primeiros classificados ascendem directamente à Série A, enquanto os quatro seguintes jogam um play off por mais um lugar na elite do futebol italiano.

Diário Digital

I Encontro Nacional de Blogs de Cinema decorre em Famalicão Março 14, 2007

Posted by Vasco in Blogs, Cinema.
3 comments

cartazparahome2007.jpg

O I Encontro Nacional de Blogs de Cinema é uma das novidades do Famafest´ 2007 – Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Vila Nova de Famalicão, que arranca na próxima sexta-feira, dia 16, e decorre até dia 24.

A iniciativa que irá reunir várias dezenas de bloggers cinéfilos, atentos ao mundo da sétima arte, tem como principal objectivo chamar a atenção para a crescente importância dos blogs na comunicação social contemporânea, destacando a sua influência na criação de uma verdadeira cultura cinematográfica.

Para o director do Famafest, Lauro António, «os blogs são locais privilegiados de criação crítica, de debate de ideias, ocupando uma posição cimeira na comunicação actual». «Estamos a colocar Famalicão no centro da discussão de cinema», avança.

O Encontro de Blogs de Cinema irá decorrer nos dias 16, 17 e 18, na Casa das Artes, e contará com a realização de um workshop dedicado ao tema «As vanguardas nas décadas de 20 a 40». Neste âmbito, será projectado um conjunto de obras de autores como Buñuel, Ray, Duchamp, Leger, Richter, Florey, Eisenstein, Dulac, Ivens, Strand, Welles, entre outros.

Neste encontro serão ainda escolhidos os melhores Blogs Portugueses de Cinema e de Cultura. Entre os seleccionados constam blogs como Blasfémias, Cineásia, Cineblog, Da Literatura, Erotismo na Cidade, Hoje há Conquilhas, Indústrias Culturais, Luminescências, A Origem das Espécies, A Senhora Sócrates, O Insurgente, Portugal dos Pequeninos, entre muitos outros.

Diário Digital

Curta Metragem Portuguesa em estreia na Internet Março 12, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
add a comment

A estreia está marcada para as 22h00 no site www.odez.net, a sala de cinema virtual para esta curta-metragem, um projecto colectivo de vários argumentistas e realizadores.

“Dezbeta”, que conta com a participação dos actores José Pedro Gomes, Peter Michael, Cláudia Semedo, Teresa Sobral, Pedro Ribeiro e Luís Lucas, servirá de cartão de apresentação para a longa-metragem “Dez”.

O mote para a longa-metragem, assim como para a curta que se estreia hoje, é o número dez, os mitos e as histórias que o podem rodear, como a Aldeia das Dez, perto de Oliveira do Hospital, e uma história que envolve dez mulheres e outras tantas moedas.

A ideia para a longa-metragem é que seja um somatório de dez curtas-metragens com ligação entre si.

Este é um projecto de jovens realizadores e vários argumentistas das Produções Fictícias do qual fazem parte Nuno Markl, Filipe Homem Fonseca, João Mota, Hanna Reisch, Joana Monteiro, Maria Sales Caldeira, André Braz, Leandro Ferrão, Gonçalo Puga, João Barros Moreira, Pedro Vintém e João Quadros.

A coordenação das bandas sonoras de cada um dos dez filmes que compõem a longa-metragem está a cargo do músico José Mário Branco.

Sic Online

China censura último filme de Martin Scorcese Janeiro 17, 2007

Posted by Vasco in Cinema.
1 comment so far

O filme «Entre Inimigos», de Martin Scorcese, foi censurado na China, porque a história envolve um grupo de mafiosos chineses na compra ilegal de material informático militar aos americanos.

«Não há qualquer hipótese do filme ser exibido nos cinemas, porque os Estados Unidos se recusaram a alterar a parte do argumento que refere que Pequim quis comprar hardware informático militar», afirmou uma fonte do governo chinês citada hoje pela agência Reuters.

«Entre Inimigos», que valeu esta semana a Scorcese o Globo de Ouro como melhor realizador, é, na verdade, uma nova versão de um filme de Hong Kong, intitulado «Infiltrados», realizado em 2002 por Wai Keung Lau e Siu Fai Mak.

«Os reguladores [de cinema] não percebem porque é que o filme envolve a China. Podiam falar do Irão ou do Iraque, mas não há razão para envolver a China», sublinhou a mesma fonte.

Diário Digital