jump to navigation

Palestinianos utilizam Google Earth para atacar israelitas Outubro 26, 2007

Posted by Vasco in Ciência e Tecnologia, Inf. Geral e Económica.
Tags: , ,
1 comment so far

Membros das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, próxima ao partido Fatah, utilizam o Google Earth para planear os seus ataques contra bases israelitas e outros alvos, informa hoje o diário britânico The Guardian.

Segundo o jornal, o chefe do grupo em Gaza, Abu Walid, assegurou que recorre a este serviço online gratuito e que compara os resultados com os seus mapas dos centros habitados e outras áreas.

Walid fez inclusivamente uma demonstração ao jornalista do diário sobre as imagens aéreas da cidade israelita de Sderot.

Esta cidade tem sido, durante os últimos três anos, alvo frequente de mísseis Qassams palestinianos lançados a partir de Gaza.

Abu Walid afirmou inclusivamente que está em marcha um projecto secreto para aumentar o alcance destes mísseis.

Diário Digital

Banco Alimentar: “Há mais pobres a pedir ajuda” Outubro 16, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
Tags: ,
1 comment so far

logo-down.gif

No Dia Mundial da Alimentação, que hoje se assinala, a Federação dos Bancos Alimentares contra a Fome alerta que há hoje mais pessoas a pedir ajuda do que nos anos anteriores. Em 2006, foram 216 mil as pessoas que receberam alimentos.

Isabel Jonet diz não ter dúvidas: “Tenho a certeza que há mais pobres a pedir ajuda”.

Esse número, com base na realidade que vai constatando, tem sido engrossado por aqueles a quem chama “novos pobres”, pessoas que têm emprego e recebem salário, mas cujo rendimento não dá para satisfazer as necessidades da família.

O crescimento dos pedidos de ajuda pode também ser atribuído ao facto da oferta proporcionada pelos 13 bancos alimentares existentes em Portugal também ter aumentado, com o crescimento dos donativos.

Embora os bancos alimentares não prestem ajuda directamente, mas através de instituições, a presidente da organização tem os números referentes ao ano passado: 216 mil pessoas beneficiaram da ajuda alimentar através de 1200 organizações de solidariedade social.

Público

Prémio Nobel da Economia para três norte-americanos Outubro 15, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
Tags:
add a comment

O Prémio Nobel da Economia foi atribuído a três economistas norte-americanos, anunciou hoje a Real Academia de Ciências da Suécia.

Leonid Hurwicz, Eric Maskin e Roger Myerson foram galardoados por terem «criado as bases da teoria do desenho de mecanismos».

Esta teoria permite distinguir as situações em que os mercados funcionam bem, daquelas em que isso não acontece.

«(A teoria do desenho de mecanismos] permite aos economistas identificarem mecanismos eficientes de troca, quadros regulatórios e procedimentos de voto», refere a Academia.

Diário Digital

Irão declara CIA e Exército dos EUA «organizações terroristas» Setembro 30, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
add a comment

O Parlamento iraniano aprovou no sábado a designação de «organizações terroristas» para a CIA e o Exército dos Estados Unidos, numa resposta à resolução do Senado norte-americano de atribuir designação idêntica aos Guardas Revolucionários do Irão.

Para o Parlamento iraniano, a CIA e as Forças Armadas dos Estados Unidos são terroristas por causa do lançamento de bombas atómicas no Japão; da utilização de munições com urânio empobrecido nos Balcãs, Afeganistão e Iraque; do apoio às matanças de palestinianos por Israel; e do bombardeamento e matança de civis iraquianos e tortura a suspeitos de terrorismo.

«Os agressores Exército dos EUA e a CIA são terroristas e também alimentam o terror», refere uma declaração subscrita por 215 dos 290 deputados iranianos, divulgada no sábado. A sessão parlamentar foi transmitida em directo pela rádio.

Diário Digital

e-Gov: Portugal sobe sete lugares e já é 3º da UE Setembro 20, 2007

Posted by Vasco in Ciência e Tecnologia, Inf. Geral e Económica.
add a comment

e-gov.jpg

Portugal subiu sete lugares nos rankings de 2007 de governo electrónico promovidos por Bruxelas e já é o terceiro melhor país da União Europeia (UE) na disponibilidade de serviços públicos on-line, revela o estudo que será hoje apresentado.

Este estudo, a que a agência Lusa teve acesso, vai na sua sétima edição, é promovido pela Comissão Europeia e compara a disponibilidade e sofisticação on-line dos serviços públicos dos 27 Estados-membros da UE, sendo a recolha da informação e a análise feita pela consultora Capgemini.

Da comparação feita sobre o estado do governo electrónico (e-Government) nos Estados-membros da UE, resultam dois rankings, um sobre a disponibilidade de serviços on-line e outro sobre o grau de sofisticação desses serviços.

Nos dois rankings, Portugal avançou seis lugares na lista deste ano, face ao estudo divulgado em Junho de 2006, passando para o terceiro lugar na lista da disponibilidade e ascendendo ao quarto lugar no grau de sofisticação dos serviços.

No ranking da disponibilidade, Portugal passou da 10ª para a terceira posição, sendo apenas ultrapassado por Malta e pela Áustria, que lidera a lista.

Em 2005, Portugal era o 14º país da Europa na disponibilidade de serviços on-line, o que quer dizer que, em dois anos, subiu 11 posições.

O nível de disponibilidade on-line de serviços dirigidos às empresas em Portugal é de 100%, segundo o estudo, um valor que está 29 pontos percentuais acima da média europeia, enquanto na disponibilidade de serviços para os cidadãos Portugal mostra um nível de 75%, contra uma média comunitária de apenas 50%.

No ranking da sofisticação dos serviços, Portugal passou da 11ª para a quarta posição, sendo apenas ultrapassado por Malta, Eslovénia e Áustria, país que lidera também esta lista.

Em 2005, Portugal era o 13º país da Europa na sofisticação de serviços on-line, o que traduz, em dois anos, uma evolução de nove posições.

O estudo considera que o nível de sofisticação dos serviços on-line dirigidos ás empresas é também de 100%, o que compara com uma média europeia de 84%, enquanto no caso dos serviços dirigidos aos cidadãos é de 84%, quando a média comunitária é de 70%.

Dinheiro Digital

Irão proíbe acesso ao Google e ao Gmail Setembro 17, 2007

Posted by Vasco in Ciência e Tecnologia, Inf. Geral e Económica.
add a comment

O Irão proibiu o acesso ao motor de busca Google e ao seu correio electrónico Gmail, anunciou Hamid Shahriari, secretário do Conselho Nacional de Informação, citado esta segunda-feira pela agência de notícia Mehr.

«Confirmo os filtros nesses sites», declarou Shahriari sem facultar mais pormenores sobre os motivos da decisão.

Desde esta manhã que os sites do Google, Gmail e outras páginas da Internet iranianas e internacionais estão proibidas para os cibernautas da República Islâmica.

As autoridades iranianas já haviam proibido o acesso a milhares de páginas políticas, pornográficas e de interesse geral impondo às empresas de fornecimento de conteúdo online filtros para esses sites.

Diário Digital 

Site da ONU é atacada como forma de protesto político Agosto 14, 2007

Posted by Vasco in Ciência e Tecnologia, Inf. Geral e Económica.
add a comment

Um grupo de hackers, identificado como «Cyber Protest Group» invadiu o site da ONU, publicando textos de crítica às intervenções dos EUA e Israel em países do Médio Oriente.
Durante o fim-de-semana, a página principal do portal das Nações Unidas exibia informações publicadas pelo cibercriminosos e frases de luta, como «parem de matar crianças e civis inocentes» ou «a paz não pode esperar».

O site Hackademix reproduz alguns ecrãs com o protesto e o próprio grupo mantém uma página com a relação dos sites que já atacaram, nomeadamente os portais das Universidades de Harvard e da Califórnia.

Diário Digital

Afinal o deserto não é só na margem sul Junho 17, 2007

Posted by Vasco in Ambiente, Inf. Geral e Económica.
add a comment

Portugal entre os três países mais desertificados da Europa

unccd2.jpg

Portugal é um dos três países mais desertificados da Europa segundo as últimas análises realizadas pela Agência Espacial Europeia e pela Desert Watch, tornadas públicas por ocasião da comemoração hoje do Dia Mundial da Luta Contra a Desertificação.

A análise da AEE, feita com base em imagens obtidas pelo seu sistema de satélite e que destaca ainda a desertificação em Itália e na Turquia, insere-se num projecto que está a ser desenvolvido em conjunto com a Convenção das Nações Unidas para a Luta contra a Desertificação (UNCCD).

Segundo o projecto DesertWatch da AEE, o nível de desertificação nos três países – Portugal, Itália e Turquia – é dos mais elevados da Europa, sendo crucial melhorar agora os modelos de análise, que começou a ser feita em 2004.

Link:http://www.unccd.int/

Portugal desperdiça 60% da energia consumida Junho 14, 2007

Posted by Vasco in Ambiente, Inf. Geral e Económica.
add a comment

Portugal desperdiça 60% da energia que consome, com o consumo de petróleo a atingir os 12 barris per capita no ano passado sem que o crescimento económico justifique o aumento do consumo, noticia esta quinta-feira o Diário Económico.

Segundo o jornal, a factura energética portuguesa ultrapassou os 5% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, o valor mais elevado em 11 anos. Aliás, nos últimos três anos a economia portuguesa tem vindo a reduzir a eficiência no consumo de petróleo.

Em 2006, o País gastou quase 51 euros em energia para gerar mil euros de riqueza, sublinha o Diário Económico, o valor mais alto desde 1985.

Em declarações oa jornal, o ex-secretário de Estado e professor do ISEG Ribeiro da Silva refere que uma redução de 20% no consumo energético através de uma maior eficiência geraria uma poupança anual na ordem dos 1.200 milhões de euros.

O antigo ministro da Indústria Mira Amaral aponta o sector dos transportes como um dos que apresenta dos desperdícios «mais dramáticos».

O professor do Instituto Superior Técnico Oliveira Fernandes assegura que «60% do consumo é desperdiçado».

Dinheiro Digital

Portugal considerado o 9º país mais seguro do mundo Maio 31, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
1 comment so far

hdr-logogpi.gif
Portugal é o nono país mais pacífico do mundo, de acordo com uma tabela publicada hoje. A lista é liderada pela Noruega, o Iraque surge na última posição e os Estados Unidos têm 95 países à sua frente.

O Global Peace Index, que agrupa 121 países, foi elaborado pelo filantropo australiano Steve Killelea para o The Economist Intelligence Unit, o centro de investigação associado à revista britânica “The Economist”.

A tabela foi feita com base em 24 factores, entre os quais os níveis de violência, o crime organizado e as verbas que cada nação destina às forças militares.

map-gpi-ryb.gif

Os países europeus estão em maioria no grupo dos dez dos mais seguros, enquanto os Estados Unidos da América ocupam a 96ª posição.

O estudo salienta que os países estáveis de pequena dimensão e integrados em blocos regionais como a União Europeia estão entre os mais tranquilos.

Público

Link:http://www.visionofhumanity.com/

Normalmente qualquer que seja o estudo ou ranking, Portugal nunca aparece bem classificado, este pelos vistos é excepção e ainda bem!

Google Earth exibe mapa de atrocidades em Darfur Abril 11, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
1 comment so far

darfur_1.jpg

O Google e o Museu Memorial do Holocausto, dos EUA, lançaram um projecto que consiste num conjunto de mapas online que mostram as atrocidades cometidas na região de Darfur, no oeste do Sudão.

Usando imagens de alta resolução, os utilizadores podem fazer um «zoom» sobre Darfur para ver mais de 1.600 aldeias destruídas, onde já morreram mais de 200 mil pessoas desde 2003.

Os restos de mais de 100 mil casas, escolas, mesquitas e outras estruturas usadas pela milícia janjaweed e pelas forças sudanesas também são visíveis. Contudo, o governo daquele país nega que esteja a ocorrer qualquer genocídio.

Parte das imagens são detalhada pelo Google Earth, o serviço de mapas e fotografias por satélite da empresa norte-americana.

Diário Digital

Link: http://www.ushmm.org/googleearth/

Irão emite notas com imagem do símbolo nuclear Março 13, 2007

Posted by Vasco in Curiosidades, Inf. Geral e Económica.
add a comment

nota_irao.jpg

Uma nota com a imagem do símbolo nuclear entrou ontem em circulação no Irão, numa iniciativa que é vista como um sinal da determinação do país perante as pressões externas contra o enriquecimento de urânio.

A nova nota, de 50 mil riais (quatro euros), reflecte também a inflação crescente no país, um facto que tem gerado críticas à gestão do Presidente Mahmud Ahmadinejad. A nota mais alta em circulação era de dez mil riais.

Com as cores laranja, verde e azul, a nova nota mostra o símbolo nuclear (electrões em volta de um núcleo) sobre um mapa do Irão.

Um texto breve acompanha a gravura, com uma citação de Maomé: “Os homens das terras da Pérsia alcançarão o conhecimento científico mesmo que esteja tão longe como as Plêiades.” As Plêiades são um grupo de estrelas na constelação de Touro.

Público

Público nomeado para cinco categorias nos INMA 2007 Fevereiro 22, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
add a comment

topleftgif.jpg

O jornal Público é a única publicação portuguesa nomeada para a 72ª edição dos Prémios de Marketing de Jornalismo INMA 2007, contando com nomeações em cinco das 20 categorias.

Com a colecção «Atlas do Corpo Humano» premiada pelos anúncios desenvolvidos para promover vendas de circulação do jornal impresso, o Público foi nomeado na categoria «Promoção Em Jornal: Circulação».
Na categoria «Materiais Impressos: Circulação», destacou-se a «Secção de Economia» por promover vendas de circulação do próprio jornal com anúncios em outras publicações.

Ainda na secção dos INMA para «Uso de Veículo Específico de Marketing de Jornais», o diário português está nomeado na categoria «Mailling Directo», com a colecção «Grande História da Arte.
Na secção «Clientes e Audiências», que reconhece a aquisição e retenção de clientes dos jornais, o recém renovado Público encontra-se nomeado para as categorias «Administração de Relações Com Leitores» e «Promoção de Público Leitor Jovem».

Diário Digital

Link: INMA 2007

Eclipse total da Lua visível a 3 de Março Fevereiro 21, 2007

Posted by Vasco in Curiosidades, Inf. Geral e Económica.
add a comment

eclipse.jpg

No primeiro sábado de Março vai ser possível assistir em Portugal ao primeiro eclipse total da Lua desde 2004, visível em toda a Europa, África e Ásia ocidental.
De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), o fenómeno terá início às 21h30 do dia 3, depois de a Lua entrar em penumbra às 20h18, e terminará à 01h20 dessa noite, com o eclipse total a ocorrer entre as 22h44 e as 23h58, adianta o «Correio da Manhã».

Em todo o País serão realizadas sessões públicas de acompanhamento do fenómeno, com explicações detalhadas.

Mário Soares: Programa «Grandes Portugueses» é um disparate Fevereiro 8, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
3 comments

O ex-Presidente da República Mário Soares classificou hoje o programa da RTP «Grandes Portugueses» como «disparate de princípio ao fim» e retirou qualquer importância aos votos no antigo chefe do Governo Oliveira Salazar. As declarações do fundador do PS foram proferidas no Tribunal da Boa Hora, durante a sessão de apresentação do livro «Vítimas de Salazar – Estado Novo e violência política», editada pela «a esfera dos livros».

«Vítimas de Salazar» tem prefácio do deputado do Bloco de Esquerda Fernando Rosas, é coordenado pelo investigador de História Contemporânea João Madeira, tendo ainda a autoria de Irene Flunser Pimentel e Luís Farinha.

«Esse programa [Grandes Portugueses] é do princípio ao fim um disparate. Comparar um futebolista, que todos nós apreciamos, a figuras da nossa História como Afonso de Albuquerque ou Afonso Henriques, não tem qualquer sentido», justificou.

Dois milhões de meninas alvo de mutilação genital por ano Fevereiro 5, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica, Saúde.
add a comment

Dois milhões de meninas são vítimas anualmente de mutilação genital em todo o mundo, sobretudo em África, segundo um relatório da organização Save The Children, apresentado hoje por ocasião do Dia Mundial da Tolerância Zero contra a Mutilação Genital Feminina.

A organização apurou que a mutilação genital é praticada em 28 países africanos, em percentagens muito elevadas em relação à população feminina: Benin (50%), Burkina-Faso (entre 43 e 66%), Camarões (20%), Chade (60%), Costa do Marfim (60%), Egipto (97%), Eritreia (90%), Etiópia (90%), Gambia (entre 60 e 90%), Gana (entre 15 e 30%), Guiné (entre 70 e 90%), Guiné-Bissau (50%) e Quénia (50%).

A lista prossegue com a Libéria (entre 50 e 60%), Mali (entre 90 e 94%), Mauritânia (50%), Níger (20%), Nigéria (50%), República Centro-africana (50%), República Democrática de Congo (5%), Senegal (20%), Serra Leoa (entre 80 e 90%), Somália (98%), Sudão (89%), Tanzânia (10%), Togo (12%), Uganda (5%) e Jibuti (entre 90 e 98%).

Porém, a mutilação genital feminina também é praticada na Europa, EUA e Médio Oriente entre imigrantes provenientes desses países, refere o relatório.


Diário Digital

Portugal tem a 43ª economia mais livre do mundo Janeiro 17, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
add a comment

A economia portuguesa é 66,7% livre, posicionando-se como a 43ª mais livre entre 160 países, revela o índice mundial de liberdade económica, elaborado pela The Heritage Foundation e o Wall Street Journal.

Tendo melhorado um ponto percentual face à classificação de 2006, em parte devido a pequenas alterações na metodologia do estudo «2007 Index of Economic Freedom», Portugal é «moderadamente livre», por isso ocupa o 24º posto, em termos regionais, levemente abaixo da média de um ranking com 41 países europeus.

Dinheiro Digital

Fome: 219 milhões crianças não desenvolvem potencial intelectual Janeiro 9, 2007

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica, Saúde.
5 comments

_1174272_hunger.jpg

Mais de 200 milhões de crianças em todo o mundo com menos de cinco anos não desenvolvem o seu potencial intelectual devido à fome, má alimentação e pobreza, segundo um estudo publicado na revista The Lancet. Segundo o primeiro artigo de uma série de três, publicados sexta-feira passada na revista médica britânica, a fome e a desnutrição provocadas pela pobreza, especialmente nos primeiros anos, faz com que o cérebro de 219 milhões de crianças nos países em desenvolvimento não consiga progredir na sua totalidade, afectando as capacidades cognitivas, motoras e sócio-emocionais.

A má alimentação e as consequentes doenças fazem com que a pobreza se prolongue por gerações nos países subdesenvolvidos, provocando a perda de conhecimento e da capacidade de trabalho, que acabam por acentuar o atraso sentido nestes países, segundo os investigadores.

«Banqueiro dos pobres» recebeu hoje o Nobel da Paz 2006 Dezembro 10, 2006

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
add a comment

yunus.jpg

Muhammad Yunus, apelidado de «banqueiro dos pobres», recebeu hoje o Prémio Nobel da Paz 2006, numa cerimónia que serviu para expor os grandes princípios económicos que, segundo defende, podem erradicar as raízes de conflitos e do terrorismo.

«A pobreza é uma ameaça à paz», disse Muhammad Yunus, depois de receber o prestigioso galardão, na Câmara de Oslo.

«As frustrações, a hostilidade e a raiva geradas pela pobreza abjecta não podem garantir a paz, em nenhuma sociedade», afirmou.

Este economista, de 66 anos, natural do Bangladesh, partilha o Nobel com o Banco Grameen, instituição que fundou em 1983 para ajudar os mais necessitados a ter acesso a crédito, e que hoje estava representada por Mosammat Taslima Begum, aldeã que escapou à miséria graças a um empréstimo de cerca de vinte dólares.

«Com este prémio, o Comité Nobel norueguês deseja este ano chamar a atenção para o diálogo com o mundo muçulmano, sobre a situação das mulheres (principais beneficiárias do micro-crédito) e para a luta contra a pobreza», afirmou o seu presidente, Ole Danbolt Mjoes.

Diário Digital

Portugal cai 2 lugares na lista dos países mais globalizados Dezembro 6, 2006

Posted by Vasco in Inf. Geral e Económica.
add a comment

globalization.gif

Portugal perdeu 2 lugares na lista dos países mais globalizados do mundo, ocupando em 2006 a 24º posição, à frente da Espanha e da Itália, mas atrás da República Checa e Croácia, segundo um estudo hoje divulgado.

Este índice de globalização da consultora A.T. Kearney e da revista Foreign Policy analisa a integração económica, humana, política e tecnológica internacional de 62 países, que representam 96 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e 85 por cento da população do planeta.

Baseia-se na análise de 12 variáveis agrupadas em quatro categorias: integração económica (nível de comércio internacional e aumento do Investimento Directo Estrangeiro – IDE); relações interpessoais (viagens e turismo, contactos telefónicos, transferências); tecnologia (utilizadores da Internet) e compromissos políticos (organizações internacionais, missões de paz, tratados e transferências governamentais).

Portugal tem revelado consistentemente uma «forte» abertura ao exterior, com uma «grande propensão à inovação» e uma «crescente internacionalização empresarial», segundo o director-geral da A.T. Kearney Portugal, João Rodrigues Pena, pelo que a vigésima quarta posição no índice de globalização não surpreende.

Em Portugal, a boa classificação na componente política (3º) compensa o lugar menos bom na vertente económica (29º), com o país a beneficiar da sua participação em missões da ONU e em organizações internacionais.

Em termos de investimento directo estrangeiro, Portugal surge em 17ª posição e na classificação tecnológica aparece em 25º.

No topo da lista do índice de globalização surge Singapura, que mantém a posição do ano anterior, seguida depois pela Suíça e pelos EUA.

Diário Digital