jump to navigation

Cannes: Francês «Entre Les Murs» vence Palma de Ouro Maio 26, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , ,
add a comment


O filme francês «Entre Les Murs», de Laurent Cantet, venceu este domingo a Palma de Ouro para Melhor Filme, no encerramento da 61ª edição do Festival de Cinema de Cannes.

A longa-metragem destacou-se entre as 20 obras a concurso, entre elas esteve «Blindness», baseado no livro de José Saramago, assim como «The Exchange», do realizador Clint Eastwood, e «Two Lovers», de James Gray.

A brasileira Sandra Corveloni ganhou o galardão Melhor Actriz, pelo seu papel em «Linha de Passe», de Walter Salles e Daniela Thomas. E o italiano Benicio del Toro destacou como Melhor Actor ao interpretar «Che» no filme sobre a revolucionário argentino.

«Il Divo» foi distinguido com o Grande Prémio Especial do Júri, presidido pelo actor Sean Penn, conhecido pelo seu posicionamento político, contrário à guerra e ao governo de George W. Bush.

Diário Digital

Site Oficial

Anúncios

Cannes: Manoel de Oliveira sensibilizado com Palma de Ouro Maio 20, 2008

Posted by Vasco in Cinema.
Tags: , , ,
add a comment

O realizador português Manoel de Oliveira manifestou-se hoje «muito sensibilizado por finalmente ter recebido a Palma de Ouro» no Festival Internacional de Cinema de Cannes, onde foi homenageado.

A organização do festival prestou hoje um tributo ao realizador português atribuíndo-lhe a Palma de Ouro pela carreira, associando-se também aos cem anos que Manoel de Oliveira celebrará em Dezembro.

«Ao longo de um século eu cresci com o cinema e hoje eu sei que foi o cinema que me fez crescer. Viva o cinema!», exclamou Manoel de Oliveira no Grand Théâtre Lumière, onde foi longamente aplaudido.

Manoel de Oliveira recebeu o prémio das mãos do actor francês Michel Piccoli, numa cerimónia onde marcaram presença o júri de Cannes, o realizador norte-americano Clint Eastwood e o presidente da Cinemateca Portuguesa, João Bénard da Costa.

«Esta foi a melhor forma de receber este prémio», disse Manoel de Oliveira emocionado, sublinhando que não gostaria de ser distinguido em competição com os seus colegas realizadores.

Na assistência estiveram ainda Christine Albanel, ministra da Cultura de França, e José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia.

http://www.festival-cannes.fr/en/article/56105.html